h1

Conhecendo o centro de São Paulo

J outubro, 2007

Não entendeu o post acima? Então, leia este… 

Quantas vezes por semana você passa pelos mesmos lugares sem ao menos notar como são os cenários ao seu redor, cego em sua própria cotidianidade? O grupo argentino BiNeural-Monokultur levanta essa questão com o Audiotour Ficcional… Trata-se de uma experiência auditiva pessoal na qual se toma a cidade como cenário para um evento ficcional. O público é convocado em um ponto de partida a retirar fones de ouvido e um MP3 player com indicações para realizar um trajeto pelas ruas, praças e edifícios públicos da redondeza. A obra de audioficção gravada conduz cada pessoa, individualmente, pelas ruas da cidade, gerando uma crescente interação entre ele e o espaço urbano por onde passa. Detalhes na paisagem, construções históricas ou até os próprios pedestres, antes ignorados, inspiram a estrutura da ficção que se desenvolve com o caminhar do “audioturista”.

audioturistas.jpg

O trabalho foi desenvolvido recentemente no Festival de Internacional de Teatro de Rio Preto (FIT) e causou até filas de pessoas esperando para poder fazer o roteiro. Tudo porque o grupo – formado por um argentino, uma alemã e um brasileiro – cria uma história baseada num detalhado trabalho de investigação local. Eles levantam dados históricos, consultam livros, jornais e documentos antigos em busca de detalhes e curiosidade sobre determinadas ruas, construções, praças ou outros locais que possam servir de referência para a narração. Antigos moradores, comerciantes, trabalhadores e pedestres são entrevistados para o detalhamento de contos e mitologias urbanas locais.

Nesse vídeo, conversamos sobre as expectativas para a primeira saída do grupo às ruas:

E olha que coisa bacana: como vocês puderam notar, junto com o pessoal do BiNeural está o escritor Tiago Novaes. Ele é autor do elogiado “Estado Vegetativo”, romance policial de feição borgiana, cuja trama se desenvolve pelas ruas do centro da cidade. E, ao contrário do que ele modestamente afirma no vídeo, não servirá apenas de “guia” do pessoal pelo centro da cidade. É ele o responsável por criar o roteiro desse audiotour e por enviar ao blog, de tempos em tempos, um relato de todo esse processo. No próximo post (esse aqui já ta muito grande!), veja o que ele nos conta sobre os três primeiros dias de trabalho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: