h1

Do It Yourself! Democracia e Literatura.

J novembro, 2007

cartonera_1_editada.jpg

O coletivo Dulcinéia Catadora, encabeçado pela artista plástica Lúcia Rosa, mostrou que é possível desenvolver um trabalho literário paralelo aos meios tradicionais. A proposta “nasceu” do projeto Eloísa Cartonera, um coletivo que começou suas atividades na Argentina há quatro anos, reunindo catadores de papel na criação de textos e confeção de livros artesanais de papelão.  Os dois grupos estarão juntos em oficinas na Mostra, onde vão ensinar aos participantes como funciona o trabalho na prática. Lúcia Rosa conversou com a gente.
 
Em que ponto se encontra o trabalho do Dulcinéia Catadora hoje?
Iniciamos o projeto no Brasil em fevereiro desse ano, após o trabalho com o Eloísa Cartonera na Bienal de Internacional de Artes de São Paulo, em 2006, e a realização de painéis e oficinas no Sesc Pompéia, em janeiro deste ano. O coletivo desenvolve atividades duas vezes por semana, contando com a participação de oito pessoas. Temos 27 títulos lançados.

cartonera_4_editada.jpg 
Entre os autores que produziram e cederam textos para o coletivo estão Jorge Mautner…

E como você conheceu o Eloísa Cartonera?

Conheci o Eloísa no início de 2006. Estava realizando um trabalho artístico com catadores de papel no bairro do Pari, que envolvia gravação de conversas com eles e objetos de papelão que eu comprava deles. Por um blog, soube da existência do Eloísa e começamos a trocar e-mails sobre nossas atividades.
 
De que maneira esse projeto mexe com a vida das pessoas que trabalham nele?
O projeto redistribui a renda gerada com a venda dos livros (cada um custa R$ 5). Procuramos estimular a criatividade dos participantes que realizam a pintura das capas. Isso levou um deles, Peterson, a iniciar um curso de fotografia e a querer se profissionalizar. Mas é preciso lembrar que não há mais razão para alimentarmos utopias.

cartonera_6_editada.jpg 
…e Manoel de Barros. 

O Dulcinéia inaugurou uma nova maneira de trabalho no mercado editorial?
O Dulcinéia vai na contramão do mercado editorial. Confecciona livros, divulga autores e traz um preço acessível a um público amplo. O projeto descarta o fator “vendas” na seleção de títulos e autores –
procuramos dar voz a bons escritores que ainda não publicaram, descobrir autores entre catadores, população de rua e outros em situações desprivilegiadas. No entanto, nossa ação como coletivo tem, claro, um alcance restrito.

No vídeo, um dos lançamentos do coletivo em São Paulo
 

Vocês possuem patrocínio, parcerias ou recebem algum tipo de ajuda governamental ou empresarial?
Contamos com o apoio do Movimento Nacional dos Catadores de Recicláveis e do Movimento Nacional da População de Rua, que nos ajudam a fazer partes das cópias que compõem os livros. E o projeto funciona em uma sala do Aprendiz (http://aprendiz.uol.com.br), viabilizando a continuidade do coletivo.
 
Que projetos o coletivo prepara para o futuro?
Apenas dar continuidade às atividades que já estão sendo realizadas e, se possível, “trocar” títulos com os outros núcleos (do Peru, Bolívia e principalmente, da Argentina).

Dá para saber mais sobre o trabalho do Dulcinéia Catadora em:
http://paginas.terra.com.br/arte/dulcineiacatadora/

Anúncios

One comment

  1. […] Mostra SESC de Artes Blog da produção « Ganhe as Ruas, Gregório 14 por 32: última semana!!! » Sarau Circulações J Novembro, 2007 Para encerrar uma Mostra de Artes tão legal, nada melhor do que uma festa, não acha? Só que não poderia ser uma festa normal… Tinha que ser uma festa processual! O Sesc Pompéia recebe no dia 30, sexta-feira, o Sarau Circulações, um encontro de artistas e uma grande oficina que marca o final dos projetos Multipista e Cartonera & Catadora. […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: