h1

Trabalho de Campo

J novembro, 2007

foto_territorios44.jpg

Os artistas Rachel Rosalen e Rafael Marchetti trabalham juntos pela primeira vez com a obra Territórios: 23°34’1.68″S _ 46°39’0.69″W. As coordenadas de latitude e longitude se referem à localização da Avenida Paulista, área que serve como base para o trabalho da dupla, que transforma as interferências de ondas de rádio no território da Paulista em matéria visual. Rachel e Marchetti estão em processo aberto no Sesc Avenida Paulista e conversaram com a gente sobre o trabalho.

 foto_territorios33.jpg

Como o Territórios foi criado?
Este projeto nasceu de longas conversas sobre as peles que formam a parte visível destas grandes metrópoles e que costumamos tomar como realidade e estruturam estes territórios complexos. Também temos discutido como as novas tecnologias afetam a vida cotidiana e de que modo é possível criar visualizações destes fluxos de informação que se tornam cada vez mais e mais massivos, criando uma sobrecarga não-passível de absorção. Diante deste excesso temos uma dissolução. Estes sistemas de visualização permitiriam não fazer uma estatística, mas apontar para estas realidades difusas e mostrar de que modo estes territórios se definem no imaginário a partir dos eixos de produção e controle da informação.
 foto_territorios11.jpg

De que maneira o público vai interagir com a obra?
Estamos usando sensores de presença e ultra-sons que vão alterar o ambiente criado pelas imagens e sons produzidos a partir do mapeamento que estamos fazendo da Avenida Paulista e das interferências de ondas de rádio que serão utilizadas como atuadores dentro do projeto.

E qual é a idéia?
Queremos aproximar os visitantes dos processos de reconhecimento de territórios utilizando meios eletrônicos.

O trabalho de vocês é bastante orientado pelas novas tecnologias. Por quê a escolha destes formatos híbridos?
Porque os habitantes ou usuários das grandes cidades estão confrontados, neste início do terceiro milênio, a repensar o conceito de local em função das múltiplas dinâmicas de fluxos geradas pelas articulações contemporâneas entre global e local, macro e micro, estimulada pelo desenvolvimento e implantação de sistemas de telecomunicação em larga escala sob o paradigma das novas tecnologias. Já não é possível pensar mais em fronteiras geo-políticas e limites de territórios definidos. Em seu lugar aparecem superposições de territórios complexos que alteram profundamente o cotidiano das cidades.

TERRITÓRIOS: 23°34’1.68″S _ 46°39’0.69″W
SESC Avenida Paulista
Produção aberta ao público: 13 a 22/11.
Exposição: 23/11 a 2/12. Terça a domingo, 10h às 21h.
Grátis.

Anúncios

2 comentários

  1. Brillante creacion Rafael y Raquel.Les deseo la mejor respuesta del publico, y que este proyecto sea el inicio de un camino rico y frondoso,que mejore la percepcion de la sociedad, haciendola crecer. Hagan de cuenta que estoy presente hoy con Ustedes. Alentandolos y aprendiendo mucho. Un abrazo Ana Baxter


  2. Muy interesante y original el trabajo propuesto.
    Me encantaria estar presente.
    “rafa” te felicito y me enorgullece haberte conocido.

    un abrazo
    kitty barbe (de la epoca del colegio integral de punta del este)



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: